Marketing e Comunicação

O FIM DAS CURTIDAS NO INSTAGRAM

Recentemente o mercado publicitário ficou movimentado após o Instagram divulgar uma futura novidade na forma como estamos acostumados a usar as redes sociais: o fim da exibição das curtidas nas publicações. Mas qual será o impacto desta mudança, se uma das métricas que estamos habituados a medir é justamente o número de curtidas que uma publicação recebeu?

Para entender melhor como vai funcionar: o autor da postagem terá acesso à quantidade de curtidas que a publicação recebeu, mas esse número não estará visível para os seguidores. Ainda não sabemos ao certo quando a mudança será implementada e nem o que vai acontecer, de fato, mas sem dúvida estamos diante de (mais) uma pequena revolução digital.

Segundo o Instagram, a ideia visa diminuir a corrida por likes, a guerra por popularidade que muitas vezes gera ansiedade nas pessoas, tornando a rede social um ambiente tóxico e prejudicial. O assunto não é recente, pois já faz algum tempo que as pessoas perceberam a importância de se desacelerar e se desintoxicar de redes sociais. Ansiedade, depressão e solidão são alguns sentimentos que podem surgir em decorrência do uso prejudicial das redes socais e o Instagram resolveu fazer a sua parte.

Analisar as curtidas de uma postagem é o que costuma ser chamado de “métrica de vaidade”, já que uma foto com muitas curtidas fica bonita no relatório, mas não necessariamente traz retornos reais para o objetivo de uma campanha. Analisando esta questão, a justificativa é interessante e muito válida, embora normalmente, quando novidades acontecem no mundo digital, a primeira impressão é de estranhamento e desconfiança.

Especificamente neste caso, especialistas compreenderam a proposta e os elogios à mudança foram em maior parte. A justificativa é que, tirando o foco dos likes, a atenção se voltará para conteúdos de qualidade. Imagens e textos bem produzidos, que sejam relevantes e gerem valor para o público-alvo, serão o mais importante.

Neste contexto, profissionais que trabalham com produção de conteúdo saem em vantagem com a mudança. Compreender o mercado, saber quem são os públicos-alvo, qual é a linguagem mais adequada para conversar com eles, entender suas dores e anseios e, principalmente, entender quais são os seus desejos e necessidades é fundamental para uma atuação bem sucedida. Este entendimento se reflete diretamente no tipo de conteúdo que será publicado. Quanto mais assertivo ele for, maiores serão as possibilidades de sucesso.

Mudanças sempre acontecem não só nas redes sociais, mas nas ferramentas e no marketing digital de modo geral. Estar atento às novidades, estudar quais são os possíveis impactos e se planejar para o novo é o que revela o diferencial de uma empresa. Ainda não é possível saber quais ações virão com essas mudanças, mas já fizemos nossa aposta em uma mudança positiva para empresas e clientes.

E a sua empresa, como se posiciona diante dessa questão? Se você tem dúvidas e não sabe responder, entre em contato com a gente. Juntos poderemos elaborar um planejamento de sucesso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *