Marketing e Comunicação

O que é Reposicionamento de Marca e quando fazê-lo?

Já reparou que empresas já consagradas e que estão há muitos anos no mercado estão sempre com novidades? Seja em mudanças de slogan ou logomarca, com frequência vemos empresas anunciando mudanças. O nome disso é Reposicionamento de Marca e tem como objetivo se adequar às evoluções pelas quais o mundo passa.

O reposicionamento de marca é um planejamento estratégico que visa criar vantagem competitiva junto aos concorrentes, falar a mesma linguagem dos clientes e, por consequência, vender mais.

Em momento de reposicionamento é crucial ser verdadeiro e apostar sempre em mudanças que realmente condizem com o que a empresa acredita. É preciso ter muito cuidado neste momento! Embarcar em um movimento que não faz sentido para o perfil da empresa pode ser muito perigoso posteriormente.

Ideologia x Reposicionamento

É interessante entender também que reposicionamento de marca não significa mudar toda a ideologia da empresa. A essência da marca se mantem a mesma. O posicionamento, a forma de ser falar e portar perante o consumidor, é que se tornará flexível.

Como saber se é hora de mudar?

A necessidade de mudança pode vir de fatores internos e externos. Os internos se referem à realidade de dentro da empresa, aos colaboradores, mudanças no segmento de atuação e ideias para novas estratégias.

Já os fatores externos dizem respeito ao mundo como um todo. Pode ser que em determinado momento sua empresa percebeu que os clientes mudaram, estão mais politizados e críticos socialmente, preocupados com o meio ambiente e vários outros motivos. Se a empresa ainda não se preocupava com as novas questões que os clientes estão buscando, é hora de mudar!

Como reposicionar a marca sem perder os clientes fiéis?

Um reposicionamento de marca não é feito só para seguir uma tendência e jamais deve ser realizado sem planejamento. Para realizar qualquer tipo de mudança é importante analisar o cenário atual da empresa, se o momento é propício às mudanças, se elas são coerentes com a história da empresa e se a marca é forte o suficiente para passar por alterações sem sofrer prejuízos.

Para isto, é importante conhecer muito bem os seus públicos, não apenas questões relacionadas a características como sexo, idade e renda mensal, mas principalmente aspectos mais profundos de sua personalidade, tais como o que ele deseja para o mundo, como ele se relaciona com empresas e com o meio em que vive.

Havaianas, Natura, Dove e Skol são cases de sucesso em reposicionamento de marca. Ao longo dos anos, elas mudaram sua forma de conversar com o consumidor. Estão mais modernas, antenadas e com a proposta de vender experiência, em vez do produto em si.

Acredita que está na hora da sua empresa mudar de posicionamento? Entre em contato com a Big Data! Nossos profissionais estão a postos para conhecer sua empresa e contarmos juntos sua história.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *