Marketing e Comunicação

O que são e como gerar leads

Se você já ouviu algum profissional de marketing conversando, com certeza ouviu a palavra “leads” sendo citada várias vezes. Essa palavrinha pequena tem um poder enorme em uma campanha de marketing e se você ainda não sabe o que é nem a melhor forma de captá-los, vamos te contar tudo agora.

O que é lead?

Simples assim: lead é uma pessoa que tem interesse nos produtos ou serviços que sua empresa oferece. Ou seja, um lead é em resumo um potencial cliente da sua empresa! Entendeu agora por que eles são tão importantes? “Mas como achar esses leads? Como faço para saber quais são as pessoas com interesse pelo meu produto ou serviço? Não quero perdê-las, preciso que conheçam minha empresa, se tornem clientes e fidelizem-se. Me ajudem!”

Claro, a Big Data tem grande expertise com geração e nutrição de leads, continue com a gente pra entender mais.

Como captar leads

O primeiro passo é obter uma forma de contato não invasivo com esta pessoa, o e-mail é um ótimo exemplo. A internet nos oferece várias  formas de capturar um lead: e-books, webinars, vídeos, infográficos e tudo mais que a criatividade permitir. Pensar na criação de um conteúdo rico, que seja tão valioso e importante para o seu cliente que ele vai desejar fornecer o e-mail para receber o seu conteúdo. E pronto! A partir do momento que ele fornece o e-mail (ou outra forma de contato que você desejar), se tornou um lead!

Como saber qual conteúdo rico devo gerar para capturar um lead?

É aí que entra o nosso trabalho. A Big Data realiza uma pesquisa completa do mercado de atuação da sua empresa para descobrir quais são os hábitos do seu consumidor. Em quais redes sociais ele está, o que gosta de fazer na internet, se é um leitor voraz, se prefere ouvir áudios ou assistir vídeos. Acredite, estes hábitos variam de acordo com idade, interesses pessoais e muito mais.

Capturei o lead! E agora?

A forma de se fazer publicidade mudou. Se antes era comum propagandas invasivas, o consumidor de hoje detesta ser bombardeado por anúncios que não foi solicitado. É preciso chegar até ele com cautela, oferecendo conteúdos sutis. É o que na publicidade chamamos de “funil de vendas”.

Vamos supor que você criou um e-book com o tema “5 benefícios da caminhada” e o seu possível cliente se interessou, cadastrando o e-mail para receber o e-book. Uma segunda etapa possível seria a criação de um blog post sobre “A importância do calçado ideal para caminhar” e num futuro momento, outro blog post com o título “escolha o tênis perfeito para sua atividade física”, com o link da sua loja. Viu como a probabilidade deste cliente realizar uma compra é grande?

Como saber se meu lead está gostando do meu conteúdo?

Existem ferramentas que nos permite verificar se o lead recebeu o e-mail, se abriu este e-mail, se leu o conteúdo, se excluiu e demonstrou desinteresse, além de várias outras análises. Desta forma é possível entender o comportamento do lead e pensar em conteúdos que satisfaçam seus interesses. Este trabalho é o que chamamos de “Inbound Marketing”.

Não há dúvidas. A geração e nutrição de leads, junto com um acompanhamento diário de Inbound Marketing gera um grande retorno para empresas de qualquer setor. Entre em contato agora mesmo com a Big Data para conhecer nossos cases e entender como podemos aplica-lo no seu negócio!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *